top of page

O PROFISSIONAL ESG

Atualizado: 3 de mai.

O profissional ESG é um generalista. Sua eficácia vem da capacidade de entender o negócio e interagir com todas as áreas, alinhando-se com elas, e embarcar gradativamente a sustentabilidade na estratégia, nas táticas e nos processos.



Para isso, tem que estar no mesmo barco dos demais gestores, sofrer as mesmas dores, comemorar os mesmos resultados, e entender de perto a dose de consciência e mudança que pode injetar no contexto.



Sua origem pode ser da própria operação, da governança e compliance, da gestão de pessoas, do regulatório, da segurança, da formação em meio ambiente, e outras. Seu desafio é se engajar na linha mestra da gestão do negócio, evitando cair na vala comum das equipes paralelas, que produzem seu trabalho e precisam usar a força hierárquica e a formalidade para tentar impor cultura e procedimentos à gestão das operações.



Quando existe na alta administração a convicção sobre ESG, a partir do efetivo conhecimento do que essa sigla representa, a escolha do profissional ESG tende a ser bem sucedida, e sua força de agente de mudança tende a ser plena. No outro extremo, quando o apontamento de um responsável parte da conveniência de atender a alguma demanda externa, ou de acompanhar avisos e tendências de mercado, o risco de criar uma atividade paralela e sem força própria é significativo.



A inserção do ESG no sistema arterial dos negócios é irreversível, e, como em qualquer outro tema, procrastinar o reconhecimento e as ações leva a um atraso, que mostrará seu custo em algum momento, e elevará substancialmente as dificuldades e o custo de inserção, num mercado já ocupado por aqueles que não se atrasaram.



Como ocorre em qualquer outra área, usar experiência e senioridade compartilhadas, a custo compartilhado, é inteligente e proporciona força de arranque e de formação das forças internas. Adicionalmente, o uso de tecnologia por assinatura (ESGaaS) dá acesso aos gestores a repositório único de documentação, ações, suas métricas, indicadores, dashboard.



O profissional de ESG precisa não apenas estar familiarizado, mas dominar esse tipo de ferramenta, para evitar a volatilidade de seus atos, e a dissipação da energia colocada neles.



Outro desafio ao profissional ESG é a capacidade de atribuir monetizar os atos que deseja inserir no contexto. Projetar impactos monetários e de reputação no mercado.



Assim como se diz “contrate skills e experiência” e treine no negócio, em ESG ganha-se velocidade quando se contrata a experiência e a senioridade, e se as insere na veia do negócio.



Também como em todas as tecnologias que foram implementadas nas últimas décadas, há uma gama significativa de profissionais ESG em processo de formação, de todas as origens, e isso também é um dos elementos que caminhará no sentido de prover a demanda e a implantação maciça e definitiva dos temas relacionados.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

SUPERANDO O MITO - Ganhos de Margem via ESG

Mitos retardam muito as evoluções humanas, em qualquer campo. A atribuição de siglas a iniciativas legítimas, de valor, é um dos fatores que contribuem para a formação de mitos e consequente marginali

EM DEFESA DO ESG

Tudo o que é tomado e usado de forma equivocada, exacerbada, provoca reação igualmente equivocada e exacerbada, de negação, no sentido contrário. Assim está acontecendo com a sigla e significado ESG n

留言


bottom of page